27 de outubro de 2011

25 de outubro de 2011

Ando um bocadinho farta

Farta de fazer dieta todos os dias, farta de ficar de peso na consciência se abuso um ou outro dia.
Por outro lado, não me sinto preparada para aceitar o meu corpo tal como está, para viver o resto dos meus dias com o peso que tenho. E fico muito zangada comigo quando penso que em Abril tinha menos 7 kg e que poderia hoje estar já 'despachada' deste assunto.

Mas quando penso nisto - e são mais vezes do que as que devia, confesso - chego à conclusão que nunca me vou sentir 'despachada' da dieta. Que nunca, nem quando chegar ao meu peso ideal, vou sentir que cheguei ao meu destino. Porque na minha memória hoje e amanhã pairará, sempre, o 'fantasma Abril.2011'.

É por isso que encontro algum conforto no que se tem passado comigo. Engordei em Abril, sim, mas por mais asneiras que já fiz, ainda não aumentei mais. Desde Abril tenho conseguido manter. E ainda que esse não seja o meu objectivo, reconforta-me. E nos últimos tempos sinto que me tenho centrado mais num outro aspecto desta minha caminhada saudável: o exercício físico. Aprendi a gostar de me exercitar. E tenho, agora, mais uma vez, que aprender a regrar a minha alimentação.

E pronto... é agora que nos desgraçamos

19 de outubro de 2011

Se dúvidas havia...

... disssiparam-se hoje.
A minha pirralha, no altos dos seus 3 anos acabadinhos de fazer, disse-me hoje, enquanto esperava que eu a colocasse na cadeira do carro:
«Mamã, vou aqui para trás para não me bateres com o teu rabo grande!»

WHAT??????