13 de dezembro de 2011

Fui ao Cycle

Aula do demo!

12 de dezembro de 2011

Princesa Mini-Me

Dia 8 de Dezembro.

Mini-Me está num cavalinho de baloiço no parque infantil do Príncipe Real. Ouve-se ao fundo uma senhora: «Filha, não queres ir brincar com aquela menina?»

Mini-Me olha para mim com um ar muito zangado.
Mini-Me - «Aquela senhora disse que eu sou uma menina. Eu não sou menina, eu sou 'Mini-me'!»
Eu - «Mas tu és uma menina, sim!»
Mini-Me - «Não sou nada! O papá chama-me princesa!»

Senhores e senhoras do nosso reino, fazei o obséquio de hoje em diante, de tratar Sua Excelência por «Princesa Mini-Me»!

Cavitação, pressoterapia e afins

Já fiz duas sessões.

Pressoterapia, fotodinâmica (rosto), cavitação e um outro tratamento que não sei o nome mas que inclui mantas nos braços, pernas e barriga e um quentinho, quentinho, que até dá para dormir.

E faltam ainda três sessões. E dá resultado, sim. Daria mais ainda se eu andasse a fazer uma alimentação de jeito, coisa que não tem acontecido, mas... é uma grande seca! Duas horas e meia daquilo causa-me... fastio.

Decididamente, acho que não nasci para ser rica e passar o dia em tratamentos!

23 de novembro de 2011

Amanhã lá estarei

LGG runs in Lunaruns!

11 de novembro de 2011

Uma boa técnica



7 de novembro de 2011

Panados de corn-flakes

Antes de mais: não tenho fotos para ilustrar este post e penitencio-me por isso.


Ontem resolvi seguir à risca uma aprendizagem do meu reality show favorito: o Biggest Loser.

Tinha medalhões de pescada em casa e queria inovar. Ando farta das mesmas receitas, da mesma forma de cozinhar, dos grelhados e cozidos e afins.

E vai daí... toca de temperar os 'bichos' com sal, pimenta e oregãos, toca de separar três claras de três gemas, toca de relar cornflakes e vamos lá a panar os medalhões. De seguida, foram para o forno.

E hoje foram para a barriga!

Resultado: muito bons!

Teriam sabido melhor se fossem comidos logo que sairam do forno (=mais estaladiços).


... e este post teria sido bem mais engraçado com fotos.

2 de novembro de 2011

Um dia ela vai perceber


Que uma das melhores coisas da infância dela foi poder acordar em cima da hora de sair de casa e ser transportada de carro, no quentinho, todos os dias, para casa da avó, onde é 'inundada' de mimos.


Em dias de temporal como este, penso sempre nas crianças que têm que sair de casa muito cedo, com os pais, e ainda têm um longo caminho de espera e de transportes até chegar à escola. E ao final do dia, o mesmo regresso, à chuva e ao frio...

27 de outubro de 2011

25 de outubro de 2011

Ando um bocadinho farta

Farta de fazer dieta todos os dias, farta de ficar de peso na consciência se abuso um ou outro dia.
Por outro lado, não me sinto preparada para aceitar o meu corpo tal como está, para viver o resto dos meus dias com o peso que tenho. E fico muito zangada comigo quando penso que em Abril tinha menos 7 kg e que poderia hoje estar já 'despachada' deste assunto.

Mas quando penso nisto - e são mais vezes do que as que devia, confesso - chego à conclusão que nunca me vou sentir 'despachada' da dieta. Que nunca, nem quando chegar ao meu peso ideal, vou sentir que cheguei ao meu destino. Porque na minha memória hoje e amanhã pairará, sempre, o 'fantasma Abril.2011'.

É por isso que encontro algum conforto no que se tem passado comigo. Engordei em Abril, sim, mas por mais asneiras que já fiz, ainda não aumentei mais. Desde Abril tenho conseguido manter. E ainda que esse não seja o meu objectivo, reconforta-me. E nos últimos tempos sinto que me tenho centrado mais num outro aspecto desta minha caminhada saudável: o exercício físico. Aprendi a gostar de me exercitar. E tenho, agora, mais uma vez, que aprender a regrar a minha alimentação.

E pronto... é agora que nos desgraçamos

19 de outubro de 2011

Se dúvidas havia...

... disssiparam-se hoje.
A minha pirralha, no altos dos seus 3 anos acabadinhos de fazer, disse-me hoje, enquanto esperava que eu a colocasse na cadeira do carro:
«Mamã, vou aqui para trás para não me bateres com o teu rabo grande!»

WHAT??????

28 de setembro de 2011

E parar de reclamar?



6 Km em 39m41s

É um novo recorde pessoal e foi alcançado no domingo, na Prova da Ponte Vasco da Gama.

Não foi desta que fiz a Meia Maratona, mas não quer dizer que tenha desistido!

18 de setembro de 2011

Já vos disse?

Que desde Julho voltei a sentir-me assim, uma sortuda?
Este desafio não foi bem o que eu esperava e, por isso, estou de volta à 'casa-mãe'.

Não tenho qualquer dúvida ao dizer que os quatro meses que passei neste suposto-novo-desafio foram a razão do meu descarrilamento.
Lá está... quando a cabeça não está bem, o corpo é que paga!

Alli - Para quem quer saber

Não notei diferenças.
Aliás, notei... nas idas à casa-de-banho e na carteira.

Mas confesso que não cumpri à risca aquilo que deveria ter cumprido. Acho que deveria ter deixado de o tomar nas férias (altura em que me desgracei a nível alimentar) e não o fiz.

Acho que é um bom 'suplemento' para ter em casa para dias de 'festa', por exemplo, apesar da bula dizer que não deve ser tomado em dias de excesso. Porque é que eu penso isto? Porque tomando um comprimido em dias de excessos, não é gordura que fique cá dentro, se me faço entender!

Um dia volto à carga, quando sentir que cumprirei tudo à risca para conseguir ver resultados. E quando tiver mais dinheiro no bolso.

15 de setembro de 2011

Seguidores, meus amores

Eu gostava muito de vos visitar, mas...

... há aqui um problema técnico qualquer que me impede de... vos ver!


De qualquer forma... agradeço aos 132 terem-se mantido fiéis, mesmo durante a minha ausência

14 de setembro de 2011

Moral da história...

a) descida de peso... nem vê-la.


b) exercício em férias... foi mentira!


c) inspiração para chegar a algum lado... agora sim, novamente. Mas já fiz estas promessas taaaaantas vezes, já estabeleci metas inúmeras vezes que agora é mais do estilo... logo se vê.



O problema (ou não): não consigo desistir. Não consigo aceitar este peso como sendo o meu.

Por isso... até já.

12 de agosto de 2011

Isto está a correr tão bem...

...que eu até tenho medo do que possa aí vir.

Mas vou de férias hoje! E só isso anima-me a alma.
Conto correr/caminhar muito, ter uma alimentação equilibrada e descansar bastante!

Até já.

9 de agosto de 2011

E a verdade é esta:



E enquanto eu não me sentir bem, seja a vestir um 40 ou um 48, não posso desistir...

8 de agosto de 2011

Sabemos que estamos gordas quando...

... o nosso sobrinho, de 5 anos, nos diz, com o ar mais natural e vindo do nada:

- Ó tia, tu podias ir para o «Peso Pesado»!

Grrrrrr....

4 de agosto de 2011

Eles estão de volta!



... e eu sinto-me tão inspirada por eles...

3 de agosto de 2011

Abstinência de HC - Dia 1

Tudo ok.

Nada de espasmos, suores frios ou tremideira.

Ao contrário do que pensei, o dia de ontem passou-se muito bem! Tendo em conta que fiz exercício físico (foram ao ar 609 calorias), pensei que a coisa ia dar para o torto. Mas afinal não.


Continuemos, portanto.

2 de agosto de 2011

Querida nutricionista

Bem sei que tenta que eu siga tudo à risca e consegue, sempre, motivar-me a seguir o seu plano à risca sem entrar em devaneios. Mas o actual período da (minha) crise, que sucede a um período de exageros que agora termina, exige que se tomem medidas drásticas e de austeridade alimentar. Por essa razão, não fique chateada comigo quando lhe disser que durante uns dias vou eliminar os hidratos de carbono da minha alimentação. Não totalmente, está claro, que este corpinho(ão) requer muito alimento.

É só durante uns dias, 'tá bem? Só até voltar a ter o peso que está ali ao lado, na barrinha.

(Por falar nisso, acrescentem-lhe visualmente mais 5 porque eu recuso-me a mexer-lhe. Sei que em breve estará actualizada.)


1 de agosto de 2011

Bem-vindo Agosto!

Em Julho um post, para Agosto quero muitos!

Ponto da situação: dos 8 kg a mais desde Abril, 3 já foram à vida. Faltam 5, que estão muito custosos de sair. Não me tenho esforçado, confesso, mas estou de volta à luta.

Desta vez não estou sozinha. Depois de meses, muitas indecisões em relação a aceitar ajuda, eis que decidi aliar-me a isto:

Aprovação dada pelo farmacêutico amigo e, mais importante, pela nutricionista.
É um incentivo, pois claro, que para o resto estou cá eu.

7 de julho de 2011

É a mesma coisa que dizer ao pai que lhe espatifámos o carro

... vir aqui e admitir que os últimos 2 meses foram maus, muito maus, e que aumentei quase 8 kg é o mesmo que sair à noite com 18 anos, carta de condução acabadinha de tirar, e ter que dizer ao pai que lhe espatifámos o carro, quando ele nem sabia que o tínhamos levado. Custa, mas tem que ser!

31 de maio de 2011

Vamos lá a ver se é desta...

Voltei hoje ao ginásio e à dieta a sério.
Dieta, não reeducação alimentar. Acho que essa ainda está longe...

27 de maio de 2011

É tudo uma questão de entusiasmo

... e à falta deste, transforma-se numa bola de neve. Se não escrevo, é porque não faço dieta, se não faço dieta, é porque não corro, e quanto menos corro, menos quero fazer dieta, e quanto menos dieta faço, menos me apetece escrever.




Amanhã (re)começo a correr. Pode ser que (re)comece a escrever mais também!

18 de maio de 2011

Ausência

As minha ausências significam, regra geral, que a coisa não está a correr bem para este lado. Pois... mais ou menos... Tive uma semana fantástica na semana passada, com regras a ser cumpridas à risca, muito exercício físico, mas falta de tempo/vontade para vir cá escrever qualquer coisita.

Com esse esforço, ainda mantive a esperança de conseguir levar um vestido que tenho, e que adoro, ao casamento que tenho na sexta-feira. Mas o fim-de-semana veio estragar tudo. Fiz muitas asneiras... compensadas, em parte, com os 10 km que fiz no domingo de manhã, na prova das Novas Oportunidades. Foram quase 1000 calorias à vida, (des)compensadas com alguma comida imprópria. Estou de volta às regras, mas este percurso tem sido complicado. Por vezes pergunto-me se não deverei aceitar, de uma vez por todas, o peso que tenho actualmente e tentar fazer só manutenção. Mas depois olho para o meu vestido S - ou para o outro que adoro-e-que-vesti-há-10-anos-e-que-já-aperta-mas-pareço-uma-porquinha-e-por-isso-não-serve-para-sair-à-rua - e resolvo não desistir...

5 de maio de 2011

Calma lá que se calhar há esperança

... é que os 4 kg podem não ter sido reais!

Estou naquela altura do mês e isso pode ter influenciado os resultados de ontem. I hope so!

4 de maio de 2011

Abril, quilos mil

Para não variar, e porque ao que parece eu gosto mesmo é de cumprir a (minha) tradição, 'andei aos papéis' desde que fui à consulta de dia 21. Resultado? Nem queria acreditar quando pisei a balança hoje: mais 4 kg! E porque eu não confio na minha balança, voltei a pesar-me no ginásio. Resultado nº2? Mais 4 kg!


E isto acontece porquê? Porque eu não deixo de ser parva e palerma e afins...

De 03 a 30 de Abril, tive 7 aniversários, 3 almoços, 1 baptizado e 1 casamento. Contive-me em algum? Sim, nos pimeiros, naqueles que se realizaram até ao dia 21. A partir daí foi o descalabro. Burra! Ando a marcar passo há tempo demais e pergunto-me muitas vezes se conseguirei, alguma vez, sair da casa dos 60kg!

Para castigo, fui ao ginásio à hora de almoço e daqui a pouco vou correr. L'objectif? La lune!

27 de abril de 2011

26 de abril de 2011

10 Kms

... seguidos, sem parar, com o coração a mil de entusiasmo!



Ontem participei na Corrida da Liberdade e corri sem parar durante 1 hora e 18 minutos! Foi a um ritmo de cerca de 7,5 km/h. De-va-ga-ri-nho, mas cheguei lá! Foram 10 kms, com algumas subidas, outras descidas, mas a um ritmo certo. E sem parar, sem caminhar... só correr!



Tive o carro-vassoura coladinho a mim e a escolta policial a maior parte do trajecto. Fiquei nos últimos lugares, mas terminei. E não parei. E isso, para mim, é o mais importante!



Foram 10 Kms de corrida, coisa que há um ano nunca me passaria pela cabeça estar a fazer hoje, e foi também a primeira vez que cumpri, ainda em Abril, um dos objectivos a que me tinha proposto no início de um ano civil!

25 de abril de 2011

Esta é a madrugada que eu esperava



Não vivi o 25 de Abril de 1974.


Sempre soube a história deste dia, mas só o comecei a sentir quando, profissionalmente, comecei a ser visita assídua do berço desta revolução. E há 6 anos que 'sinto' este dia de forma especial sem o perceber, e sem o conseguir explicar.


No Posto de Comando do Movimento das Forças Armadas, na Pontinha, ainda em 2010, ouvi o Joaquim Furtado proferir esta frase. A mesma que leu na madrugada de 25 de Abril de 1974. E emocionei-me ao ouvi-lo. Não vivi o 25 de Abril de 1974, mas vivi muitos outros depois desse e é graças a esse dia que hoje sinto o que é a Liberdade.



«Esta é a madrugada que eu esperava

O dia inicial inteiro e limpo

Onde emergimos da noite e do silêncio

E livres habitamos a substância do tempo»


Sophia de Mello Breyner Andresen


23 de abril de 2011

+ 300 gramas...

... é o rescaldo da pesagem oficial de quinta-feira.
A balança da Dra. Teresa acusa mais 300 gramas do que na última vez que a pisei e, se não tivesse passado a tarde a experimentar vestidos do tempo em que eu é que era «a outra senhora», acho que hoje estava frustrada. Não estou. Por várias razões:

a) Porque me sinto bem e a roupa não está mais apertada;
b) Porque estes tops estão mais largos do que quando os vesti no dia destas fotografias;
c) Porque entro no meu vestido 36 (Lanidor= números grandes, eu sei, mas é um 36!), que vesti há 10 anos;
d) Porque consegui, desde quinta-feira, não descarrilar parvamente, como tem vindo a ser hábito nos 15 pós-pesagem.

São + 300 gramas? Pois são, mas não estou preocupada com isso.
Até Junho recupero... e bem!

20 de abril de 2011

Hoje só se fala em Marmelada por aqui...

... e por isso tenho aqui à minha frente um quadrado destes:



Não sei se coma, se não coma!


Se cada 100 gr tem 270 calorias, então estes 35 gr têm 94,5 calorias!


Bolas! Se calhar não vale a pena... ou então vale, que é deliciosa... Aiiii.... e vocês? Já provaram a Marmelada Branca de Odivelas?

Que queridos são estes senhores da TV 7 dias

Gordas da SIC?

Tão fofinhos e tão amorosos, não são?

Homem da minha vida, começa a juntar dinheiro!

São mesmo estas:



Levi's Bold Curve: Para mulheres que tenham curvas mais pronunciadas (yep, that's me!!!), estas calças realçam as curvas genuínas e adaptam-se perfeitamente à cintura sem criar folgas (como se quer!!!).


P.S. É o que dá pores-te a apostar comigo sobre coisas que não conheces!!!


Para ver se chama o Senhor Sol!

Óóóóóó...

A Maria voltou e eu não sei nada dela... :-(
Maria, se estiveres por aí, gostava de saber novidades tuas...

Eu sabia que havia de chegar o dia...

... em que o meu homem me iria dizer: «Vamos comer um McFlurry? Por favor, apetece-me tanto! Vamos lá, por favor, por favor, por favor» e eu responderia: «Não. Hoje não podemos!»


Ontem foi o dia!


E ele não suplicou assim tanto... mas insistiu!

19 de abril de 2011

Abril, festas mil

Já vos tinha falado aqui que o mês de Abril é terrível para mim, em termos de festas.

E elas já começaram. Esta vida social mata-me! :)


Até ao momento, um baptizado e dois aniversários ultrapassados com distinção. Nada de exageros e um sentimento de dever cumprido. Seguem-se mais quatro aniversários, a Páscoa e um casamento. Vamos lá a ver como é que isto corre!

Comprei

...esta primeira blusa, mas em amarelo.

Um M? Nãoooo!
Um S? Nãoooo!
Um XS? YESSSSSS!

15 de abril de 2011

Balanço destes últimos dias

Sempre que vou às consultas de nutricionismo é sempre a mesma história... ando ali uma ou duas semanas a saltar a cerca da dieta a torto e a direito.

No dia 21 de Março fui à consulta e, para não variar, 'andei aos papéis' durante quase 15 dias. Resultado? Lá está: quase 2 quilos a mais!

No entanto, de há uma semana para cá, se calhar porque na próxima quinta-feira tenho consulta outra vez, tenho ando a portar-me bem. Não falho na dieta, não falto aos treinos e sinto-me bem. O peso, julgo, já está de volta ao que estava no dia 21 de Março, aquando da última pesagem oficial. Vamos ver se consigo baixar um pouco a minha tabela de peso e se, na quinta-feira, consigo sair do IMC de Excesso de Peso!

14 de abril de 2011

A minha família em SIGG

O homem, eu e a criança!

13 de abril de 2011

E passa depressa demais...

Dois anos e meio de traquinices, brincadeiras, reguilice, e muitos, muitos miminhos!

Ontem fui ver



E gostei muito. Foi gargalhadas (quase, quase) do início ao fim.

Cada um dos intervenientes com o seu estilo, mas muito engraçados.


Corram, que termina na próxima terça-feira!

12 de abril de 2011

É difícil resistir

Ontem enviei esta imagem ao meu homem, com uma nota que dizia:

«Imprime aí, pelo sim, pelo não».

Confesso que esperava uma descasca de todo o tamanho, com moralismos para aqui e para ali e uma dissertação prolongada sobre os malefícios do McDonalds.

Em contrapartida, recebi uma frase apenas: «Ok. Pelo sim, pelo não».


Acho que chegámos os dois à conclusão que não vale a pena negar. Nós gostamos de McDonalds, havemos de lá ir mais vezes e não vamos martirizar-nos por isso. Vamos, apenas, esforçar-nos por ir lá o menor número de vezes possível!

11 de abril de 2011

Não consegui cumprir o meu objectivo...

... e tive que parar algumas vezes a meio da Corrida do Benfica, o que quer dizer que não fiz os 10 km seguidos.

Foi uma prova muito, muito puxada e com bastantes subidas, o que fez com que as minhas pulsações chegassem a atingir os 200 batimentos/minutos. O meu máximo é 188. Por isso, sempre que chegava aos 190/195, parava e caminhava durante uns 30 segundos até chegar aos 170. E voltava a correr. E passado algum tempo lá tinha que parar outra vez. Tirando este pequeno pormenor de não conseguir fazer tudo sem parar, foi uma prova dorida mas muito boa. É agradável andar a correr em ruas por onde só costumo passar de carro.


Não cumpri o meu objectivo? Pois não... mas foram à vida 966 calorias!

No dia 25 de Abril vou fazer os 10 km da Corrida da Liberdade (Pontinha-Restauradores) e aí, sim, quero ver se não páro!

1 de abril de 2011

Dia 10, 10km

Eu acho que consigo... :)


E não, não sou benfiquista. Como devem calcular, o meu humor reduziu substancialmente no momento em que me inscrevi para a corrida e recebi um e-mail a dizer: «Cara benfiquista, obrigada pela sua inscrição». Adiante. São 10 km, dão uma t-shirt amarela com um emblema feio, mas eu vou é para correr!


Eu é mais verde... se bem que agora é um verde meio amarelado! «Ele vai vir charters da China».

30 de março de 2011

Dava o cú e oito tostões

para ter umas pernas assim e vestir este conjunto:

estou completamente apaixonada por esta blusa

e por esta

e por esta e por uma série delas que não encontrei no site da Zara...

29 de março de 2011

Um dia de cada vez

É assim que tenho que encarar as coisas... um dia de cada vez, um passo atrás do outro.

E não me vou pôr com promessas vãs, que vou conseguir chegar ao fim do ano com isto, que no Verão vai ser assim ou que nos casamentos a que vou visto o número tal. Não. É um dia de cada vez, um passo atrás do outro.

Um dia vou comprar uma t-shirt destas

Se quiserem saber mais sobre este projecto, visitem: http://www.gordasemrecuperacao.com.br/

28 de março de 2011

Vamos lá a ver se não faço má figura...

Não me fica tão bem quanto a esta senhora, é certo, mas também não me fica assim tão mal!

23 de março de 2011

Estava a esquecer-me de um pequeno pormenor:

Yupikaiémotherfucker!!!

A minha Biggest Loser Friend perdeu 1.200kg e terminou a sua caminhada! :) E eu sei que, ainda que derrotada, ela se sente vitoriosa. Eu, pelo menos, enquanto amiga, estou orgulhosa dela. E sei que ela também está orgulhosa de mim. Certo, m'a friend? :)

As notícias são boas, sim senhora!

E traduzem-se num único número: 3,100 kg desde Janeiro. A menos, pois claro!
Saí da consulta com uma sensação ambígua, mas que consegui exorcizar durante todo o dia de ontem. Se, na segunda-feira, considerei que perder 3,100 kg não cumpria os requisitos do meu objectivo (perder 2,5kg por mês), hoje vejo que é um número excelente. Houve dias em que me portei mal, houve desalentos - como, aliás, há sempre num percurso tão longo quanto este - mas o resultado final conseguiu justificar os meios e... estou feliz. Muito feliz.
Neste momento, tenho o peso que tinha há 4 anos, mas sinto o meu corpo diferente. Neste período, tive uma filha e não me posso esquecer que essa é, provavelmente, a principal razão das modificações corporais. Daí não dar, ainda, por terminada esta minha jornada. Quero ir mais além. Mas, antes disso, quero regularizar o IMC que, por 0,2, ainda está cima do recomendável!
Isto vai lá. Devagarinho, é certo, mas eu chego lá.

21 de março de 2011

5 minutos para dizer duas coisas:

Mais de 100? Woooowwww! :)

Ai, ai, ai, ai... logo já dou novidades...

No Dia do Pai, os meus amores vestiram-se assim:



"A Cálára góta do papá"

8 Km

SEGUIDOS E SEM PARAR! E, como é óbvio, apetece-me gritar ao mundo que estou feliz por ter alcançado este meu objectivo.
Foram 8,020 km a um ritmo baixo, mas prolongado. Demorei 01h05 a atravessar a meta e, antes, fui ainda um pouco mais além do percurso da Mini-Maratona. O meu homem ainda me tentou convencer a acompanhar o restante percurso da Meia-Maratona e fazer mais 6 km, mas com certeza a adrenalina dele já lhe devia estar a fazer comichão no cérebro!
8 Km... em pouco mais de 8 meses depois de ter tido esta experiência! Não está mau! :)

17 de março de 2011

Cheia de medo...

Wowwww...
Ainda há pouco falatavam dois meses e estou já a cinco dias de voltar à minha Dra. Teresa. Sempre pensei que chegasse a este dia com muito menos peso do que tenho, mas é a vida - e a estupidez! Espero ver um bom número e inspirar-me novamente. E espero que não comece a parvalheira de novo nesse dia. Geralmente estrago-me nos dias seguintes à pesagem, mas tenho que ter em mente o lema transmitido pelo Bob Harper - "Não desperdiçar um único dia" - e repetir para mim as minhas metas mais próximas: Um baptizado a 03 de Abril e um casamento a 30 de Abril.

16 de março de 2011

Se isto é possível...

... não me venham cá dizer que eu não hei-de conseguir entrar no meu vestido S!!!

15 de março de 2011

Às vezes acho que sou uma granda maluca...

Há um ano odiava fazer desporto. Mas odiava mesmo!
Dizia vezes sem conta que preferia passar fome para emagrecer, a exercitar-me para queimar calorias. Hoje mudei. Finalmente! E quando passo alguns dias sem correr ou ir ao ginásio, sinto que me falta a adrenalina do desporto.
No domingo, dia 6 de Março, participei sozinha na Rapidinha de Cascais, uma prova de 5 km. Estava mau tempo, mas não foi isso que me fez ficar em casa enrolada na mantinha com a cachopa. O meu homem estava no seu BTT, deixei a miúda na sogra e 'ala que se faz tarde'. Foram 5km quase seguidos - parei no primeiro km para tirar o casaco porque estava preso na cabeça e antes que fizesse má figura, resolvi abrandar - que não me custaram nada! Já no domingo passado, em amena conversa com a minha Biggest Loser Friend, percorremos 15km de caminhada, em mais de duas horas, e sem darmos conta!
No próximo Domingo lá estarei, na minha primeira prova de fogo deste ano. A Mini-Maratona não são 10 km completos, mas são quase. E eu vou tentar (e conseguir, porque não?) corrê-los todos seguidos.
O ponto 2 da minha resolução de Ano Novo mudou. Atrevo-me, hoje, a dizer que a 25 de Setembro quero correr a Meia-Maratona. E atrevo-me a pensar que vou conseguir!

14 de março de 2011

A minha vida mudou nestes últimos tempos

E isso reflectiu-se na falta de vontade de passar por aqui mais vezes.
Mudei de trabalho, e ainda me estou a ambientar... Já deveria estar mais entrosada, mas isto leva o seu tempo. As saudades da minha vida 'profissional' de antes são mais que muitas e enquanto isso não passar (se bem que acho que nunca vai passar) não estarei a 100% 'deste lado'. Com tempo, sei que chegarei lá.
Nestes entretantos, fiz asneiras atrás de asneiras no que respeita à alimentação, mas consegui (re)encontrar-me esta semana e, numa pesagem não-oficial, pesei hoje 63.9kg. Na segunda-feira analiso a veracidade deste número, quando for à minha Dra. Teresa.
Para estas próximas três semanas, que antecedem um acontecimento muito especial - o baptizado de um menino que não me está ligado pelo sangue, mas que sei estará sempre ligado pelo coração - lancei um desafio a mim mesma e ao meu homem-lá-de-casa. Ele diz, e sei que está a ser sincero, que nestas três semanas será difícil o meu corpo largar por aí os quatro kilos de que há tanto tempo me quero livrar. E eu vou provar-lhe que ele está errado! E o meu lema agora, até conseguir chegar lá, é cumprir o conselho que Bob Harper (Biggest Loser) deu à Amanda: «Não desperdiçar um único dia!».
Até já.

2 de março de 2011

Das duas... duas

Quando passam alguns dias sem postar é porque, das duas uma:

a) tive problemas no computador
b) andei a portar-me mal.

Neste caso é... das duas, duas!

Ontem e hoje já me portei bem. E já tenho computador de volta.

24 de fevereiro de 2011

Vou colocar a barra ali ao lado a zeros outra vez

É que ontem comi umas quantas bolachas Maria...

E isto não é ser exigente, é ser coerente... :-(

23 de fevereiro de 2011

E quando eu pensava que não havia espaço para mais ninguém neste meu coração...

... nasceu o meu Tiago, sobrinho mais lindo do mundo, e provou que afinal eu precisava de amar mais uma pessoa: este menino.

Bem vindo, meu amor mais piquenino... A tia vai estar sempre aqui para ti.

O melhor disto tudo

... e ainda que as minhas calças continuem a irritar-me, é que todas as roupas desta caixa servem-me! E sei que se sair à rua com alguma destas peças, não vou parecer ridícula!
Yupikaiémotherfucker... o esforço compensa!

E não, as tais calças não são elásticas, por isso acho que concordo com a Maria... se não é das calças... só pode ser do cú! :-)

21 de fevereiro de 2011

Ando irritada com as minhas calças

Tenho umas calças de ganga há já uns tempos que estão a irritar-me profundamente.
Gosto delas, ficam-me bem, mas estou a fartar-me que me fiquem sempre bem. Há já 5 kilos que elas me ficam bem e eu estou ansiosa por metê-las a um canto, não por excesso de uso, mas por me ficarem largas. E não compreendo como é que ando a portar-me bem e não noto grandes melhorias. Tenho praticado mais desporto (ando a treinar para a Mini-Maratona de Março), tenho-me regrado na alimentação e consequentes porções e nas últimas semanas... nicles batatóides. Acho que cheguei à «Segunda Semana do Biggest Loser» - aquela onde nos esforçamos, esforçamos e não notamos resultados.
Resta-me a esperança de mudança de ciclo e que o meu corpo comece a reagir novamente.

17 de fevereiro de 2011

Avizinha-se um novo desafio

Na passada segunda-feira, dia 14, fez seis anos que trabalho no sítio onde ainda estou. E um dia depois, soube que a partir de 1 de Março vou para outro local, integrada num outro projecto, a trabalhar no que faço há seis anos e que continuo a adorar – Comunicação.
É uma ambivalência de sentimentos que sinto neste momento. Por um lado, sinto que estou a abandonar uma família, que tão bem me acolheu e da qual eu gosto muito. Do outro lado da corda está um novo desafio, uma demonstração do valor do meu trabalho e eu nunca virei a cara à luta. E tenho vencido. Até agora, sempre.

Vou com saudades, sim, mas com o desejo de progredir com este desafio.
E, como diz o José Mourinho nos novos anúncios do Millennium:
«Não confio na sorte. Confio no trabalho bem feito».

15 de fevereiro de 2011

Soja à Bolonhesa

Aqui há uns tempos resolvi fazer uma experiência lá em casa e preparar, para o almoço da família de três, um repasto especial: Soja à Bolonhesa.
Fiz tudo às escondidas para o homem não se aventurar em comentários: demolhei a soja com um pano por cima, preparei o refogado e segui a receita à risca! No dia seguinte, depois de almoço, liguei-lhe e perguntei-lhe o que tinha comido. «Aquilo que tu deixaste feito: carne picada com esparguete!» Foi neste momento que me dei por vitoriosa! Também a cachopa comeu tudo e a avó, ao dar-lhe a comida, nem percebeu que não era carne picada! A próxima experiência é fazer Canelonis de Soja com Molho de Vegetais. Vamos ver como corre!

Digam lá se não parece mesmo carne picada?

Nota: Há uns anos valentes experimentei aquela soja em bocados maiores. Não gostei. Mas não desisto!

14 de fevereiro de 2011

Não está fácil, mas está a mudar!

As segundas é que são, para mim, dias de recomeço. E hoje é.
Uma semana depois do início da parvalheira, estou de volta! E sei que é desta porque ainda há pouco estive perante uma mesa cheia de doces e salgados e refrigerantes e afins e que comi eu? A minha barrita de cereais! E quanto me custou resistir? Nada!!! Mas eu sou uma mulher ou sou um rato???
Ao final do dia de hoje o conta-dias desta Comidólica Anónima muda para... 1 dia!
I'm back! Tenho um baptizado no dia 03 de Abril e um casamento a 30 e quero levar um vestido S!

13 de fevereiro de 2011

Isto não está fácil para estes lados...

Hoje fui almoçar a casa dos meus pais e comi muito à refeição. Demais. Acrescido de uma taça e meia de arroz doce... e outra de gelado de caramelo. E agora apetece-me bolacha Maria aos magotes.
É uma tristeza estar tão perto e boicotar-me.
Preciso de levar um raspanete. A sério que preciso....

11 de fevereiro de 2011

Pandora - Me like it

Gosto de poder olhar para cada uma das peças e reportar-me ao lugar e à pessoa que a ofereceu.
A última - o despertador - foi-me dada pelo meu sobrinho de 5 anos, acompanhada com um: «É para passares a acordar a horas!»
A minha pulseira está quase completa, mais ou menos como a da imagem. E acho que a seguir vou aventurar-me a fazer uma só de Muranos e separadores.

1 dia de cada vez

Não foi precisa nenhuma intervention à americana, nem nada que se pareça, para recuperar a minha sobriedade. Um dia de cada vez.
Desconfio que devo ter engordado com esta história de fazer 32 anos e comidas envolvidas... daqui a 15 dias peso-me. Antes não, senão dou cabo da cabeça!

10 de fevereiro de 2011

...

Para acabar de vez com a maluqueira que anda aqui há 5 dias...

Ontem:

O meu homem e eu fizemos um pacto - Acabou-se a parvoíce. Venha de lá a sobriedade!

9 de fevereiro de 2011

É hoje que desaparece esta barra

Já andava para o fazer há uns tempos, mas hoje é que é de vez.
A barrita de rodapé que anda por aqui desde o dia 04 de Janeiro de 2010, e que tão bem acompanhou todos os posts escritos desde então, vai desaparecer hoje. De vez.
Eu não odeio fazer dieta. Percebi nestes últimos dois dias que odeio, sim, a sensação de enfartamento que uma asneirada me traz.
Por isso... adiós amigo!

-------------------------------
Sim, eu ODEIO FAZER DIETA.

Este ano o meu bolo de aniversário foi assim


A parte mais prática: não ter que partir fatias!!!

------------------------------
Sim, eu ODEIO FAZER DIETA.

8 de fevereiro de 2011

32


Ainda estou a digerir o facto de ter 32 anos... e estou a digerir, também, as asneiras todas que fiz nestes últimos dois dias.
Obrigada pelos vossos votos de parabéns. Hoje é um novo dia!

-------------------------------
Sim, eu ODEIO FAZER DIETA.

4 de fevereiro de 2011

A nova moda lá de casa

Iogurtes caseiros, numa iogurteira com quase 30 anos!

Com um pouquinho de doce de morango, compota de maçã ou bolachas trituradas, ficam com cerca de 70 calorias cada. Não são magros, pois não, mas são só dois por dia. E são deliciosos. E baratos!

-------------------------------
Sim, eu ODEIO FAZER DIETA.

25

A primeira etapa está ultrapassada.
Agora, como sempre, é um dia de cada vez...

-------------------------------
Sim, eu ODEIO FAZER DIETA.

3 de fevereiro de 2011

Mas eu sou uma mulher, ou um rato?

Hoje, quando me deitar, terei cumprido um jejum de 25 dias consecutivos sem resvalar na dieta. A fatia de bolo que comi no dia do aniversário do meu pai, e a que comi ontem no aniversário do meu Quique (que me soube divinalmente, talvez pela abstinência) não foram resvalos. A minha alimentação permite um doce por semana, o que eu raramento cumpro!
Por isso, hoje, quando me deitar, e se tudo correr como até aqui - não era agora que ia fazer asneiras!!! - terei o meu primeiro objectivo cumprido! E deste aos outros, é apenas um passo!

-------------------------------
Sim, eu ODEIO FAZER DIETA.

Muito duro

É a expressão que define o treino de hoje. Tal como já aqui referi, as quintas-feiras são dias de suicídio físico! E hoje foi mau... muito mau!
Mas o pior, em que dei por mim a fazer sons estranhos e caretas de esforço, foi o momento em que arrastei um camião TIR com a força do meu corpo. Ok, ok, não foi um camião TIR, foi apenas o professor (de 73 kg - esta informação é importante!), possuído por uma amálgama de Rambo e Jillian do Biggest Loser, que atou uma toalha à minha cintura, e obrigou-me a correr enquanto o puxava. E foi duro, meus amigos... muito duro! E quando misturado com outros exercícios igualmente desgastantes, transforma as pernas de uma mulher...muito doridas...

P.S. Tentei procurar uma imagem que ilustrasse bem o momento, mas nenhuma está à altura!

-------------------------------
Sim, eu ODEIO FAZER DIETA.

1 de fevereiro de 2011

Ao que um homem se sujeita por uma mulher...


Neste caso, por uma... mini-mulher!

-------------------------------
Sim, eu ODEIO FAZER DIETA.

Projecto Sobriedade.25

Quando escrevi este post tinham passado 3 dias e estava a 22 de alcançar o meu objectivo. Hoje passa-se precisamente o contrário: passaram 22 dias e estou a 3 dias da minha (primeira) vitória de 2010.
Não tem sido fácil, mas já se tornou um hábito. E aquela sensação de saber que estou quase lá é... fantástica!
Não vou parar nos 25 dias, mas vou fazer uma pequena interrupção no almoço de domingo, dia em que celebro 32 anos. E dia 6 é dia de Francesinha!!!

-------------------------------
Sim, eu ODEIO FAZER DIETA.

Agora que já corro 30 minutos seguidos...

... já posso começar a pensar em investir num equipamento à altura!



-------------------------------
Sim, eu ODEIO FAZER DIETA.

31 de janeiro de 2011

Fui aos saldos

E comprei estas duas belezuras na Parfois:


A melhor parte (e favorita do meu homem): 10€ cada par!

-------------------------------
Sim, eu ODEIO FAZER DIETA.

Resumo

A caixinha não só aguentou como se portou muito bem!
Dei 10 voltas a correr, 5 voltas a caminhar e, num acesso de loucura, resolvi correr mais 5 e terminar a caminhar outras 5. No total, foram 4.8km a correr e mais 3.2km a caminhar.
8km de treino, oh yeah!

-------------------------------
Sim, eu ODEIO FAZER DIETA.

30 de janeiro de 2011

Partida, largada...

... a comer uma barrita de cereais de chocolate branco e morango - marca Continente - para ter energia para dar 10 voltas a correr ao campo de futebol. A última vez foi há uma semana. Vamos lá ver se a minha caixinha ainda aguenta!

Até já!

-------------------------------
Sim, eu ODEIO FAZER DIETA.

28 de janeiro de 2011

Nada bom...

Esta semana não fui uma única vez ao ginásio... mas isso muda já este fim-de-semana!

-------------------------------
Sim, eu ODEIO FAZER DIETA.

Dor de corno

Ensonada, ontem adormecei no sofá a ver a final do Biggest Loser.
Quando fui para o quarto, falhei as medidas e bati com a testa na ombreira da porta! O barulho foi tal que o homem veio a correr ver se eu estava bem!
Não ficou galo, mas ficou a dor... de corno!

-------------------------------
Sim, eu ODEIO FAZER DIETA.

Problemática Nocturna

Procuram-se:

Técnicas para convencer uma criança de 2 anos a voltar a dormir uma noite inteira, seguida, sem acordar a meio da noite a chorar, enquanto grita: «Qué ir p'á cama do papá»!

Com urgência!

-------------------------------
Sim, eu ODEIO FAZER DIETA.

27 de janeiro de 2011

Pessoas da minha vida

Vamos lá a por os pontos nos i's!

Eu não ando a fazer dietas malucas, não estou anorética nem caminho para lá, não deixei de comer e não ando a praticar exercício físico à maluca (aliás, esta semana ainda nem sequer fui ao ginásio, shame on me).

Por isso, quando começarem a pensar em dizer que ultimamente eu fico muito doente porque "coitadinha, estás de dieta", fechem mas é a matraca e lembrem-se que eu sigo uma dieta prescrita por uma profissional da coisa! Por essa razão, como devem calcular, eu confio mais nela do que em qualquer outra opinião. Este foi o ponto 1.

Ponto 2 - Não, ainda não está na altura de parar. Se o meu IMC está acima do considerado normal, quer isso dizer que... que... vá lá... que estou Acima do Peso, pois claro!

E pronto!Já exorcizei os meus espíritos!
Hufff... tenho dito!

------------------------------
Sim, eu ODEIO FAZER DIETA.

25 de janeiro de 2011

15 dias seguidos de sobriedade

Parabéns para mim!
Mas... acho que estou a começar a ir-me um pouco abaixo.
Os resultados estão à vista - as calças alargam, toda a gente (diz que) nota e a balança apresenta resultados. Hoje de manhã, numa pesagem não-oficial de 15 dias de sobriedade, a sôdona-balança-lá-de-casa apresentou-me um 64,3kg, ou seja, uma redução de 2,3kg em 15 dias.
Sei que, tal como em Abril/Maio de 2010, vou conseguir alcançar pelo menos os 25 dias seguidos e só no meu aniversário, que se aproxima a passos largos, pecar um pouco... mas parece que estou a ficar cansada. Não que passe fome, ou que me apeteça comer desalmadamente. Não é esse cansaço. É mais aquele de querer ver resultados já amanhã, e não ter que esperar mais uns meses para chegar lá. Eu sei que não é assim tão fácil. E por isso agora vou aqui beber um pouco de água para ver se isto me passa!

-------------------------------
Sim, eu ODEIO FAZER DIETA.

Casual

Adoro este estilo descontraído, muito casual-chic!


Adoro estas t-shirts básicas, quando assentam bem. Até hoje, não me ficavam bem. Vamos ver se este Verão a coisa muda de figura.


P.S. Adoro esta mulher!

-------------------------------
Sim, eu ODEIO FAZER DIETA.